Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 12 de maio de 2006


Tendências

Tem o ser humano a tendência para se agrupar. Pertencer ao grupo, ser aceite socialmente e ser membro de algo torna-se tão necessário e importante quanto a água para beber, e disso depende também a saúde do indivíduo, sendo saúde, não me canso de repetir, um Bem Estar Físico, Mental e Social. As três vertentes estão interligadas, e um desequilíbrio numa delas, afecta as restantes.

Nesta base, compreende-se perfeitamente o cumprimento entre dois corredores que se cruzam no meio de uma multidão, quando não falam a mais ninguém. Já vos sucedeu? Certamente que sim.

As crenças do grupo são também as nossas, na tentativa de garantirmos um suporte sólido para as nossas carências, que nos mantenha ao de cima, mesmo se grande parte das vezes deixamos de pensar para seguir o pensamento do grupo pois existe o risco da rejeição, da marginalidade, do chincalho dos outros, e consequentemente da solidão, sentimentos com que muitas vezes temos dificuldade de lidar.

O ser diferente, pensar diferente é um acto de coragem. Mesmo que o preço de o assumirmos seja demasiado alto, é sempre preferível a seguir o rebanho pela cabeça dos outros.

Eu? Sou uma cabra maltesa, subindo e descendo pedregulhos na serra mais alta e no vale mais maravilhoso, longe do rebanho do senhor, um senhor qualquer, que o que é preciso é acreditar num senhor qualquer, desde que ele guie o rebanho. Esta cabra segue quase sempre sozinha. Com as desvantagens mas também com as inequívocas vantagens. São opções que se tomam a cada minuto que passa.

Ah, é verdade! Ontem não cheguei a presentear-me com um treino. Obrigações impediram-me mais uma vez. Os cinco dias da semana são um problema para treinar! Sinceramente, não sei como resolver este assunto, e por momentos penso que a Maratona do Porto é uma triste utopia.

3 comentários:

Fernando Sousa disse...

Olá Ana

Não desistas! Vai treinando nem que sejam dois ou três dias por semana. Não te esqueças dos teus objectivos.

Ainda falta muito para a Maratona do Porto por isso, calma. Quanto aos treinos para a Maratona até que te posso acompanhar nuns dois treinitos longos mas mais será difícil pois eu quero treinar mais rápido (é o meu mal). Assim faria três treinos longos rápidos intercalados por dois lentos contigo. Mas ainda faltam 5 meses para a Maratona e depois combinamos. Até lá vai tentando saber quem gosta de treinar mais ou menos ao teu ritmo e te pode fazer companhia nos restantes treinos. Já pensaste treinar com o Helder e a sua cara-metade? Talvez se adaptem bem ao teu ritmo de treino. Julgo que não vai ser difícil arranjar quem te possa ajudar na preparação para a Maratona do Porto.

Pessoalmente gosto de treinar sozinho (habituei-me) pois encontrarmos outro atleta que corra ao nosso ritmo é difícil. Mas cada um tem o seu plano de treino e conhece melhor que ninguém as suas capacidades.

Mas Ana, não desanimes, olha que andar rápido a pé, correr para os transportes, tudo isto, nem que se faça durante 20' por dia est´a contar como treino.

Beijinhos
FS

Anónimo disse...

Ana, não estou a compreender, então
uma Atleta com várias Maratonas,e
não sabe se vai á Maratona do Porto? Ana não desanime ainda é
muito cedo, vai vêr que vai apanhar
o comboio para campanhã.
continuação de bons TREINOS.
AP 12/05/06

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Agradeço aos dois (Fernando Sousa e António)pela força. Eu sei que ainda falta imenso tempo, mas isto são dias que uma pessoa tem.

Mas se para a Maratona do Porto de 2005 apanhei um Alfa Pendular - 1ª classe, e se tive boa companhia na carruagem, que me foi fundamental para conseguir chegar ao destino, agora ao meu alcance está apenas um bilhete de comboio Regional, e apenas ida, pois não sei se volto, e o mais provável é o banco ao meu lado ir vazio.

São preços que se pagam.Mas nem por isso a Maratona deixarei de fazer. Será apenas mais difícil, só isso.