Pesquisar neste blogue

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

O Regresso do Peso e a intenção do Desaparecimento do Peso...


Para os atentos e assíduos visitantes, já não é novidade que o Peso regressou a este espaço. Está aí, na linha em cima, O Peso da Maria, à espera de descer milagrosamente, e na grelha do lado, esperando mostrar semanalmente resultados surpreendentes fruto da força de vontade e de muito juízo.
Requisitos esses, necessários para manter o peso num estádio saudável e notoriamente em falta nos últimos longos meses, senão anos, na vida desta e de outras Marias e Manéis.
Uma pessoa vai-se deixando andar, comendo disto e daquilo, comendo muito e mal, e desleixando nos treinos, e quando dá por ela, está pertinho dos 70 Kg! (ai que saudades de me preocupar por ter acrescido 500 gramas aos meus 57 ou 58 quilos...) Há que parar! Retroceder o ponteiro. Outra vez. Outra vez. Ainda outra vez. As vezes que forem precisas, e agora está simplesmente a ser preciso.
O Peso regressou.
A intenção de o fazer desaparecer também. Mas de boas intenções, está o Inferno cheio, dizem...

7 comentários:

MPaiva disse...

Ana,

O que é necessário é treinar. Pessoalmente não faço a menor privação alimentar, apostando conseguindo controlar o peso unica e exclusivamente pela quantidade de exercício físico.
Força!

bjs
MPaiva

Daniela disse...

Sabe que tb estou nessa? Desde o início do ano passado eu engordei e estou lutando pra perder uns quilinhos, não são muitos, mas mesmo assim tem sido difícil. Comecei a correr no final do ano passado pra ver se consigo perder, até consegui perder alguns, mas como eu adoro comer e comer principalmente doces tem sido uma luta.
Bjos
Dani
www.correndoemagrecendo.blogspot.com

Fabiana disse...

Na torcida pra esses malditos quilos desaparecere. Eu tb andei pisando na bola com treinos e comendo feito um leão,resultado 5kg a mais.

Bons Kms
Fabi =)

joaquim adelino disse...

Também sou pelo treino, sem abdicar de nada. O que lhe falta é isso mesmo, treino, e provavelmente a disponibilidade é pouca. Mas desde que haja motivação tudo se ultrapassa.
Um beijinho do Pára.

Vitor Veloso disse...

Olá Ana,
Isso mesmo, muita força de vontade para fazer tudo queremos fazer, como se diz "o tempo não estica".
Espero que consiga superar a questão kg, não desanime.
Bjs
Vitor Veloso

Fernando Andrade. disse...

Queres lançar p’ra longe o peso
P’ra que não possa voltar ?
Não queres pôr fim ao defeso
E à preguiça de treinar?

Assim não dá, oh Maria,
Que o peso assim não abranda :
Sofá…pãozinho à fatia…
E uns petiscos, que até manda!!!

Vai mas é correr, Maria,
Que o teu peso vai mirrando;
Que ganhas mais energia
E podes ir… pestiscando.

Anónimo disse...

Olá Ana,

Acho que cada um é como cada qual mas...atenção, talvez estejas a treinar demasiado lento e poucas vezes. Outro motivo pode estar relacionado com as "companhias dos talheres"...petiscos aqui e ali, um bom vinho, um daqueles dôces...
Quem diz que come de tudo e nem se preocupa com o que come ou tem a bicha solitária ou tem excesso de peso e "isto pega-se". Desculpem-me lá as "bichas" tá?
Eu, se fôr a um almoço ou jantar com determinados amigos que não se preocupam com a balança e que estão gordos e não admitem, no dia seguinte tenho mais um ou dois kilos. Isto porquê? Come-se um prato cheio de comida sem necessidade. Bebem-se três copos ou quatro copitos (o normal é um, por vezes dois), pede-se mais um digestivo, um dôce...e já cá cantam mais umas boas calorias.
Claro que pode haver excepções e também tem a vêr com o organismo de cada um e com a hereditariedade.

Um conselho Ana, treina mais vezes e mais depressa. Por vezes 5 kms mais rápidos são melhores do que 15a vêr a paisagem...poupas tempo e queimas mais calorias.

Bjs.
Fernando Sousa
(Carnaxide City)