Pesquisar neste blogue

domingo, 20 de junho de 2010

11ª Corrida das Festas Cidade do Porto

O meu pai entre amigos:
A 11ª Corrida das Festas Cidade do Porto

Industrializada. Standardizada. Certificada e homologada. Aperfeiçoada. A raiar o irrepreensível e a perfeição com a isenção de pontos negativos de relevo. Como um produto "made in CE". Assim foi a 11ª Corrida das Festas Cidade do Porto, que se realizou hoje na cidade com o mesmo nome.

Apreciamos observando e analisando com o espírito crítico que nos caracteriza, e não encontramos erros a apontar. Que mais queremos? Que mais pedimos? Que mais podemos exigir e reclamar?

Uma prova que levou à meta cerca de 1600 atletas na Corrida de 15 Km, batendo o record de participações, e quase 4000 na Caminhada que decorreu em simultâneo sem qualquer incómodo ou prejuízo para as partes. Da mesma forma se verificaram os melhores tempos na prova, quer no sector feminino, por Marisa Barros com 48m57s, quer no masculino, pelo etíope Yakob Jarso Kintra com 43m15s.

Boa divulgação. Inscrições e informações facilitadas. Custo de Eur 7,50 por inscrição para a prova de 15 km. Entrega de dorsais de forma metódica e eficaz. Duas t-shirts, uma delas da Asics, boné e mochila, vinham a acompanhar os dorsais com chip incorporado, para controlo. Pequeno pormenor a distinguir por sexo, as t-shirts.

Casas de banho espalhadas pela zona da partida/chegada.

Partida dada a horas, total segurança em relação ao trânsito, percurso bem definido e com animação. Muitos e fartos abastecimentos de água. Acompanhamento constante pela Cruz Vermelha e elementos da organização.

À chegada à meta, pompa e circunstância, medalhão alusivo à prova, pequeno saco-mochila com água e bebida isotónica e outra t-shirt para proporcionar roupa seca a quem acabou de correr. Era oferecida cerveja e espaço, quer para cortar a meta, quer para alongamentos e relaxamento.
Também uma zona VIP para os atletas assim considerados.

Entrega de prémios com a devida apresentação, e sem quaisquer engasgos ou demoras.

Transmissão televisiva para o Porto Canal.

Disponibilização de resultados rapidamente através do site da organização, Runporto.

Para além de tudo isto, esteve também presente a vertente da Solidariedade, revertendo parte do valor de cada inscrição (Eur 0,50) para uma instituição não governamental, mais propriamente, a Ajudaris, que luta no combate à pobreza e à exclusão social.


Uma prova de organização excelente como aliás a Runporto já nos acostumou, merecendo por isso que lhe sejam tecidos os maiores elogios pelo patamar organizativo que atingiu, e com todo o mérito merece os nossos mais sinceros parabéns também por esta prova hoje realizada.

Ana Pereira

Resultados



Eu na Corrida, ou antes, depois, (mas é antes ou depois?) da Corrida:


Distância: 15.180 metros
Tempo: 1:40:55
Média: 6:39 / Km
Classificação geral: 1555ª entre 1597 atletas chegados à meta


Alma. Tudo depende da que pomos na coisa, e dependendo disso, a coisa se nos apresenta bela e rica, ou vazia, desprovida de qualquer beleza.
A Corrida das Festas Cidade do Porto reveste-se de um profissionalismo e integra-se num lote de provas a que nos habituamos oferecerem um certo nível de qualidade. Como produto maquinado, bem oleado, produzido por máquinas afinadas. Assim foi. Uma prova com a marca Runporto, e que não falhou uma vez mais.

Fui com amigos, encontrei amigos e voltei para casa com amigos. Um fim-de-semana diferente, a levar-me de novo ao Porto, onde tenho umas contas a ajustar (adivinhem com quem ou o quê) e onde sempre me senti especialmente bem. Mesmo quando tive de desistir numa prova especial.

Hoje corri de novo no Porto. Senti-me bem. O tempo que fiz? Céu limpo e sol, com temperatura amena e vento fraco. Não era desse tempo que pensaram que eu falava? Pois não, mas este é bem mais importante. Eu corri, engolida por uma engrenagem gigantesca que garantiu uma prova de qualidade, levando-me da partida à chegada, passando pelas várias fases de produção, para por fim ser cuspida carinhosamente na meta. Senti-me bem e cheguei à meta. Apreciei especialmente o Rio Douro e prometo voltar.

A alma? A minha perdi-a. Entreguei-a na prova e não me foi devolvida. Bem, na realidade não sei se a cheguei a levar daqui. Se alguém a encontrar, dão-se alvíssaras.

Até amanhã ou depois querido diário

9 comentários:

Anónimo disse...

Olá, Ana.

Por ser de todo justo, há que acrescentar um (“grande”) pormenor que esta excelente organização já nos habituou: A Solidariedade. 0.50€ do valor da inscrição revertiam a favor duma organização não governamental da cidade do Porto: AJUDARIS

Quanto ao tempo, foi excelente: Céu limpo e temperatura amena, bem bom. Em suma, foi 1h40 de puro prazer… E isso é que conta!

Beijinhos!

Orlando Duarte

Bons Km disse...

Parabéns!!!
E as fotos ficaram lindas...
Bora pra próxima e cabeça erguida...
Bjinhos
Boa semana
JU

Vitor Veloso disse...

Olá Ana,
Pelo que descreve foi uma prova sem problemas, quando começa bem acaba ainda melhor, assim é uma maravilha.
Parabéns pela participação, bonitas fotos.
Bjs
Vitor

JOSÉ LOPES disse...

Parabéns Ana
Mais uma participação numa corrida, esta de 15km, nada fácil.
Aquela Maratona continua "atravessada", ainda voltará lá para a fazer.Força

Com os cumps
J.Lopes

horticasa disse...

Muito bem ana, eu também já fiz essa prova duas vezes mas não tenho ido ao Porto com grande pena minha, até porque tenho a minha filha em Penafiel e bem que gostava de lá ter ido. Assim via a filha e a neta... parece que não mas o dinheiro conta muito, ou a falta dele, pois ...
beijos e abraços pa todos

ana paula pinto disse...

Bem, bem...parece que tudo muito bem! Por mim, dispenso a "certificação" tipo CE. Se "organizámos" as ditas "rotas" marítimas, as rotas da "seda" e rotas afins e outras sem "fins", bolas!! Devemos continuar a saber organizar "rotas" bem mais simples...!
Questão de paródia, com o que escreveste. Pelo que ouço das provas do Porto (esta e outras), a organização é mesmo 5 estrelas! (sim que não sei de ondem vem o 5 estrelas, mas deve querer dizer "nota (rota)" máxima!

Por aqui, estivemos muito bem com o pessoal do Clube. De certeza que a "temperatura" se elevou um pouco mais (por acaso com vinho de Lamego), mas isso é questão de pormenor.

Quanto leio os teus relatos, parecem-me sempre algo familiares. Deve ser por assinarmos as duas AP:-))

À noite, ligo-te:-))

Beijinhos e parabéns.
"Mais, menos uma!" (como costumo dizer)

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Obrigada a todos pela visita e comentário.

Orlando: sinto-me sempre honrada por merecer um comentário seu, e agradeço-lhe o reparo, pois por vezes, na ânsia de transmitirmos o que sentimos, passam-nos certos pormenores ao lado. Mas há "pormenores" que não podem ser deixados ao largo. Obrigada pelo reparo e como vê, já corrigi no texto, aqui no blogue, assim como no que fiz chegar à AMMA, ao Praticante e ao atleta.digital. Mais uma vez obrigada, e claro... gosto muito de o saber por aqui

Ju: claro, cabeça erguida sempre!

Vitor: foi uma prova "à Runporto" e o Vitor já sabe o que isso quer dizer.

José Lopes: sim, a MARATONA, essa mesmo! Mas temos Novembro para acertar contas e pôr os pontos nos is.

Meu amiga Eugénia: com amigos, quase tudo se consegue. Fui de comboio e vim de boleia. Cama e mesa quase tudo oferecido, ainda assim não foi sem esforço (monetário) que consegui ir. Mas como bem te compreendo... acho que cada vez estamos mais limitados e corremos sério risco de apenas sobrevivermos em vez de vivermos, mas enfim, vamos aproveitando o que se pode

Paula :) pois aqui foi mais cerveja (sempre é mais baratinha que o vinho e eu vinho, só do BOM, por isso prefiro a loirinha fresquinha que sempre sai menos do bolso). Pois a prova foi como disse, e sabes: em Setembro levo-te comigo!!!! À Meia Maratona Sport Zone, nas margens do Douro, atravessando o rio 2 vezes! Aponta já na agenda se faz favor!


Beijinhos para todos e até breve
Ana Pereira

ana paula pinto disse...

(olá desde há bocadito:responder aqui é muito mais engraçado)

A cachopa "está-lhe a dar"!:-)) Ora eu, hem?!!

Uma "loirinha"? Bolas que eu nem de "loiros" gosto quanto mais de loiras...loiro, só mesmo o AP, o outro, não tu nem eu!:-))
E o vinho é sempre do bom! Acha que eu não ia querer "pinga" boa? Olha_m´esta!!

Levas contigo à SportZone, é? Vamos às compras? Olha que ainda assim (apesar das sapatilhas) ainda prefiro esborrachar o nariz em montras com saltos altos:-))
beijocas

José Xavier disse...

Olá Ana;

É bom quando se participa em provas que são bem organizadas. Os resultados desportivos, que não sendo os mais importantes, satisfazem-nos, porque desfrutamos de um dia bem passado.

Abraço
dos Xavier's