Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Os Prós e os Contras de "Um dia de cada vez"

Viver em cima do joelho. Sem planos. Sem abrigo. Aguardar a noite para procurar um tecto para pernoitar. Um cobertor para nos aquecer, um pão para comer. Um dia de cada vez. Um dia de cada vez! Apregoamos, para afugentar preocupações desnecessários no presente e para que este seja o melhor aproveitado.

Formas de vida. Há quem viva amedrontado com o futuro, sofrendo em antecipação quando afinal nem sabemos se os nossos medos se concretizerão e se nessa altura nos afectarão da mesma forma que nos afectariam se acontecessem hoje.

De há um bom tempo para cá, vivo, um dia de cada vez. O mais possível. Sem certezas, e ai de quem as julga ter... e simplesmente respiro e vivo hoje.

Uma casa com tecto e com paredes para dormir hoje. Sopa quente na mesa e um bom cobertor. E o meu anjo vivo e adormecido aninhado em mim. Um dia. Hoje. Mais um dia de vida. Mais um dia feliz. Sem medo de amanhã.

Tem no entanto esta filosofia de vida os seus grandes e também pequenos contras. Por exemplo queria ir correr ao G.P.Atlântico. Esperei até ao início desta semana e o tiro saiu pelo culatra. Atingiu-me: Inscrições esgotadas e encerradas!

E como não gosto de ir para as provas pedinhchar dorsais perdidos, que correspondem a atletas 100% diferentes da minha pessoa, tão depressa recebi a notícia, mais depressa mudei de ideias (fui obrigada mesmo, né?).

Não há prova para mim este fim de semana.

Apesar de nesta semana só ter conseguido ir à Ginástica uma única vez (45 min) na 2ª feira, o lema é treinar, mexer-me, pois quero agora esboçar leves planos a muito curto prazo:



dia 24 de Fevereiro - Leião - Troféu de Oeiras

Dia 2 de Março - O DESAFIO: Manteigas - Penhas Douradas

Informações em: http://www.terrasdeaventura.net/mainpage.htm


Manter-vos-ei ao corrente da minha muito peculiar "específica preparação" para tais façanhas.


Esta semana foi praticamente nula, tirando a ginástica de 2ª feira. Mas até Manteigas tenho ainda muitas horas.

Até breve

2 comentários:

Anónimo disse...

Olá Ana

Para o fim de semana, se quiser, tem o grande prémio do Eirapedrense, 14 km, mesmo ao lado de Fátima.

Um dorsal aoarece sempre, nem que seja o meu, que ando avariado de um joelho.

José Carlos

JACKE disse...

Aninha...
Este post veio muito de encontro pelo que tenho passado... UMA COISA DE CADA VEZ... isso é uma coisa que temos muita dificuldade de realizar... A ansiedade normalmente predomina na vida da maoiria das pessoas.. Na minha infelizmente sempre...
Como vc disse, muitas vezes nos preocupamos por coisas que nem irão acontecer...
óTimo post!

Ah... outro dia ia comentar e acabei não o fazendo. Menina, fiquei ainda mais admirada em ver seus recordes! Mais uma vez parabéns.. a cada dia fico sendo mais e mais sua admiradora...

bjks