Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Aeróbica




Não é um Ginásio fantástico, nem ultramoderno, de elevado nível de qualidade quer de instalações, quer de aparelhos inventados cada dia para exercitarmos o corpo humano sem nos esforçarmos sequer. Não tem professores musculosos de pele queimada pelo sol e que nos fazem derreter só de olharmos para eles e fecharmos os olhos quando nos tocam delicadamente para nos corrigir alguma posição, nem quarentonas louras(*) que passam lá os dias, sempre com um elástico de prender o cabelo a condizer com os atacadores dos ténis, que alteram diariamente consoante os tops e as lycras brilhantes que ostentam em cada aula. Não tem o serviço de fantásticas massagens, nem sauna nem jacuzzi. Os balneários não são fantásticos nem as salas onde se dão as aulas fantásticas são. Nem a aparelhagem por onde sai a música aos berros é fantástica.

Fantástico é sim o punhado de mulheres que alinhou em criar aquela aula. Fantástica é a nossa professora que se esmera lutando contra a fraca adesão de participantes. Fantástico é o Clube do Pessoal da Siderurgia Nacional, que teimosamente resiste usufruindo das instalações da empresa que já só lhe dá pouco mais que o nome, que tendo na Patinagem Artística a sua maior aposta, vai desenvolvendo timidamente outras actividades, também como fonte de rendimento.

E esta aula de Aeróbica, criada propositadamente para as mães (e pais) das crianças que patinam, e precisamente no mesmo horário, visto ser vontade comum das mães (em conversa!), se existisse ali qualquer tipo de actividade de exercício físico, preencheriam com agrado o tempo morto em que aguardam pelos filhos numa actividade desportiva e lúdica, e assim nasceu esta aula em Novembro a título experimental, para as mães/pais e também aberta ao público em geral.

Pois de Novembro para cá, muitos avanços e não menos recuos sofreu esta aula. Ao contrário do que era falado entre as mães, a adesão real das mesmas foi mínima, e pessoas de fora, poucas têm aparecido, ou vêm experimentar e não voltam. Talvez habituadas a outro nível de Aeróbica (refiro-me a instalações e condições para a prática da mesma), o facto é que as pessoas não têm aderido.

Da minha parte, não estou maravilhada, mas mediante a mensalidade que se paga (EUR 16,00) para duas aulas por semana com a duração de 1 hora cada, com a qualidade das aulas que a professora nos proporciona, quer em termos de exercício físico quer no excelente ambiente que conseguiu já criar entre todas (não temos lá homens… é pena), uns balneários simples mas eficazes – extremamente asseados e sempre com água quente, acho perfeitamente satisfatório.

E se aliar a isso o horário propositadamente coincidente com o da Patinagem da minha filha, então acho mesmo fantástico. Em vez de me sentar no café à espera, a mastigar um salgado ou a ruminar ervas daninhas, e talvez a fumar um cigarro cá fora, eu prefiro(**) fazer uma mistura de Aeróbica, com ginástica localizada e sempre com muitos alongamentos, com estas pessoas fantásticas, de onde destaco como é evidente a nossa jovem professora, a Dulce Pereira, que conseguiu já que pelo menos um punhado de gente não desista, e saia dali feliz e contente no final de cada aula. E além disso, com uma boa quantidade de calorias gastas, e os músculos bem mais trabalhados.

(*) Nota 1: não tenho nada contra as quarentonas louras, até porque eu quarentona estou quase, embora loura não me parece que venha a ser - usei apenas uma expressão figurativa, que fique claro para as louras e para as morenas também

(**) Nota 2: é que eu não gosto só de correr

E hoje lá foram mais 55 min sempre a bombar!

2 comentários:

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Olá Aninha boa noite, muito boa essa aula de Aeróbica, ajuda a queimar muita caloria né.
Amiga estou com o blog atualizado e o tema lá é TRAVESSIA.
Bom final de semana e boas corridas
Um abraço
JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com

Ana Carla disse...

com força e determinaçao chegaremos lá ;) beijos