Pesquisar neste blogue

sábado, 21 de julho de 2012

As Férias continuam

“D.João, quinto do nome na tabela real, irá esta noite ao quarto de sua mulher, D.Maria Ana Josefa, que chegou há mais de dois anos da Áustria para dar infantes à coroa portuguesa e até hoje ainda não emprenhou. Já se murmura na corte, dentro e fora do palácio, que a rainha, provavelmente, tem a madre seca, insinuação muito resguardada de orelhas e bocas delatoras e que só entre íntimos se confia. Que caiba a culpa ao rei, nem pensar, primeiro porque a esterilidade não é mal dos homens, das mulheres sim, por isso são repudiadas tantas vezes…/…

Já se deitaram. Esta é a cama que veio da Holanda quando a rainha veio da Áustria, mandada fazer de propósito pelo rei, a cama, a quem custou setenta e cinco mil cruzados, que em Portugal não há artífices de tanto primor, e, se os houvesse, sem dúvida ganhariam menos."

José Saramago, in "Memorial do Convento"
-------------------------------------------------------------------------------------------

Convento de Mafra

Mandado construir por D. João V, conta a História que por conselho dos frades franciscanos, como promessa a cumprir-se caso a rainha engravidasse, visto o casamento durar há mais de 2 anos e descendentes da rainha nem vê-los, já que bastardos gerados em ventres de freiras, por quem el-rei tinha uma certa tendência, segundo reza a história, já eram alguns e isto se contarmos apenas com os de que há conhecimento. Entretanto Rainha prenhe, início da construção do Convento (1717), inicialmente prometido para 13 frades. Mas dada a conhecida extravagância do monarca e a luxúria com que todo o seu reinado ficou marcado, depressa aumentou a capacidade do Convento para 40, depois 80 e por fim 300, chegado mesmo a albergar 350 frades. Não contente com a grandiosidade da obra do Convento, quis ainda D.João V construir uma Basílica (que em nada ficaria atrás da Basílica de S.Pedro em Roma) e ainda o Palácio com a sua Tapada, onde realeza e nobreza caçavam.

Quer o Convento de Mafra, com o Palácio e a Basílica, quer a Tapada de Mafra, merecem sem dúvida alguma uma visita demorada.

Da mesma forma, "Memorial do Convento" é uma obra que recomendo vivamente. Uma das minhas preferidas, de José Saramago.

A fachada:

O interior. O chão


Sala da Caça: O candeeiro, magnífico assim as várias peças de mobiliário
Eu na Sala da Caça, descubram-me lá se faz favor...



E a magnífica Biblioteca, de uma riqueza excepcional, apesar de inacabada, com mais de 36.000 obras, encadernadas a couro e gravadas a ouro, tudo por obra e graça dos frades Franciscanos: 

A limpeza e conservação dos livros é feita naturalmente pelos morcegos que habitam a área, e que se encarregam de eliminar todo o tipo de insectos que seriam responsáveis pela destruição das obras

A Basílica:


A cúpula
Santa Ana, mãe de Maria, por sua vez, mãe de Jesus

E eu...aqui numa das celas dos frades enfermos, onde moribundos aguardavam a morte:


 E depois, temos ainda o pão de Mafra, que eu adoro:



Nota: só a foto do pão não é nossa, porque... já foi comido :)

8 comentários:

Hermione disse...

fui a Mafra ao convento numa visita de estudo, já lá vão tantos anos... tenho de lá voltar.

Luciana disse...

Maria,
Estou a adorar as tuas férias! Temos tantos tesouros em Portugal e quando chega o tempo de férias, o que se pensa automaticamente: praia ou estrangeiro.
Faço um "Mea Culpa", mas estou a tentar reverter a situação.
Convento de Mafra e Quinta de Regaleira parecem dois destinos a visitar :)
O facto de não correres e te sentires bem, não é grave. Que ficasses ansiosa com a situação, seria pior. O teu corpo, quando estive capaz, vai pedir a corridinha.
Continua com as reportagens culturais interessantes :)
Beijos

Carlos Castro disse...

Finalmente visito o convento por dentro! :))) E, caso curioso... tenho o "Memorial do Convento" há anos, mas só agora é que ando a lê-lo. Reconheci o extrato mal comecei a ler aqui!
Continuação de boas férias, Ana.

Lilith disse...

também adoro o Memorial do Convento e sempre tive tanta curiosidade em ir ao convento de Mafra :D e agora ainda mais!

beijos :)

Mokas disse...

As tuas férias estão a ser fantásticas e tens ido a sítios muito lindos. Ando a adiar uma visita ao convento de Mafra e agora deixaste-me com mais vontade ainda :)
Os livros da Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra também são "cuidados" por morcegos...é uma curiosidade bastante interessante :)
Bjts, continua com os relatos super interessantes e bom domingo :)

Joana disse...

Eu adoro o Convento de Mafra :D A tia e a madrinha do P. vivem em Mafra e costumamos visitar o Convento uma vez por ano, e achamos sempre muito bonito ;)

E eu adorei o Memorial do Convento :D

Beijinhos e um bom Domingo :D

Continuação de boas férias :D

horticasa disse...

É lindo, também já lá estive varias vezes...
Beijinho.

S* disse...

Mas que lindo... nunca fui ao convento de Mafra.