Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

4ª feira, força e fragilidade


Hoje voltei a ir correr ao Parque de Santa Iria. Com uma grande dor de pernas (depois de uma semana parada, seguida dos 18 Km corridos na 2ª feira e de 1 hora de piscina ontem), lá me apresentei no treino de hoje.

Consegui levar os meus pais. Finalmente o meu pai já aceita a ideia de ir saindo de casa. Claro que não iria caminhar, nem fotografar, nada. Apenas sair de casa, apanhar ar, ver pessoas, e respirar de novo a vida. Claro também que o cenário não lhe traria boas recordações, mas tudo se ultrapassa, menos a morte, e essa ainda aqui não chegou.

A minha mãe foi também. Para o acompanhar e porque também precisa.

Eu fiquei toda contente por eles irem, e corri com energia. Um pouco com o coração nas mãos, preocupada por as últimas memórias daquele cenário não serem as melhores, pensava constantemente "e se... ele se sente mal, e se a minha mãe cai, e se ... e se... e se..."

Senti uma fragilidade em ambos, talvez mais do que a que realmente existe. Talvez eu esteja mais alerta, mais atenta, mais preocupada, mas todo este susto que passámos nas últimas semanas também serviu para eu tomar consciência da riqueza e privilégio que é ter ainda os meus pais vivos e razoavelmente saudáveis. Como se gozar da companhia deles e lhes proporcionar momentos bons fosse urgente e imprescindível. E é. Na realidade é mesmo. Entregarmo-nos e dar de nós a quem amamos é urgente e inadiável. Porque amanhã não sabemos se podemos.

A par destas reflexões sentia uma força imensa no meu treino. Deliberadamente procurei subidas e descidas (a pensar nas rampas da MMSJL), e subi e desci com muita força (muita...é relativo e subjectivo como sabemos, o que quero dizer é que me senti muito bem e com força).

Corri 10.100 metros em 56min, média de 5:33 / km

Hoje foi assim. Amanhã, amanhã dirá e amanhã direi.

10 comentários:

Anónimo disse...

Ola Maria

Trata de ti para tratares de quem amas!
Bom treino, ao que vejo.

bjs
Serra

elis disse...

oi, ana!

belo post!
me tocou muito!
é que eu tantas vezes me esqueço do que é verdadeiramente urgente e imprescindível!

fiquei feliz de saber que seu pai está melhor, e já fez um passeio!
aos poucos ele retomará suas atividades!

muita força, ana!
parabéns pelos treinos!

bjs

JoaoLima disse...

Fico feliz por saber que o pai já está a sair. É bom sinal.

Beijinhos

Sandra disse...

Olá Ana,
Fico muito, mas mesmo muito feliz pelo teu pai estar melhor : )

Que belo treino e belo passeio que deram...

Mil beijinhos para vocês, tudo de bom!

Sandra

Sandra disse...

Olá Ana,
Fico muito, mas mesmo muito feliz pelo teu pai estar melhor : )

Que belo treino e belo passeio que deram...

Mil beijinhos para vocês, tudo de bom!

Sandra

José Xavier disse...

Olá Ana;

Bom sinal, esse passeio do teu pai. É importante que ele se sinta de novo bem para recuperar.

Bom treino em bom ritmo!!...Continua assim.
Um abraço dos Xavier's

Lénia disse...

Este post vem de encontro ao que dizia ontem à minha mãe, que anda mais queixosa nos últimos tempos: " Mãe, eu não queria mesmo nada que envelhecesses, mas a verdade é que também eu já me sinto a envelhecer."
É a Natureza e o melhor que podemos fazer é aproveitar estes segundos de vida que nos restam (coisa em que não sou lá muito boa).
Mas felizmente, o sol tem nascido dia após dia sem grandes percalços nesta minha vida, só espero que continue assim nos próximos tempos e que não seja necessário Alguém me pregar uma partida para que eu desperte.

Beijinhos Ana e foi bom saber que o teu querido pai já te acompanhou ontem.

ana paula pinto disse...

Folgo em saber o Pipas recuperado.

Dá-lhe beijinhos meus.
Tu continuas a fazer treinos fantásticos!

Carlos Lopes disse...

Bom saber que o Sr. Melo esta melhor.... parei 1 mês.... o arranque , as dores, o não saber correr... é mesmo complicado

Anónimo disse...

Boa tarde Ana!

Bem...com esta pedalada já estás a correr ao meu ritmo...e é bom. Faltam-te apenas fazer umas séries uns fartleks, uns "interval trainings" para ficares apta para para "devorar" as "Lampas" em grande forma...e asté mesmo para discutires os prémios.
Também me parece que já temos o fotografo em forma o que é muito bom. Um abraço para o meu amigo Melro.
Espero que continues a treinar com a energia que te é própria e não te esqueças que a seguir a um treino mais rápido segue-se um lento. Assim ficas em boas condições para um treino mais longo e a um ritmo bastante aceitável. Sai brevemente uma "rodada de mais 18"? A 5'45''?

Bjs e até...

Fernando Sousa