Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 15 de abril de 2011

O Blogue diário à 6º feira


Dizem (e eu até concordo) que eu devia (para ganhar resistência e correr a Meia do Douro a 22 Maio):

- correr -treinar- mais devagar
- correr -treinar- durante mais tempo, fazendo mais quilómetros
- cumprir a 1ª para me ser possível cumprir a 2ª

E isto, se racionalmente está muito correcto e é muito fácil pôr em prática, em termos emocionais, e eu às vezes sou um ser demasiado emocional, para o bem e para o mal, não é nada fácil.

Parece que não sei correr devagar. Ou antes, devagar eu corro, mas não o suficientemente devagar para o meu nível atlético, de forma a me ser permitido correr 12, 14, 16 ou 18 Km, que eram as distâncias que eu deveria de andar a treinar nesta altura do campeonato tendo em vista a Meia a 22 Maio.

Mal chego ao 3º km de corrida e já vou aflita. Mais devagar parece-me "parada". Hoje, obriguei-me a não olhar para o cronómetro km a km, e dessa forma não ver o tempo que fazia por km, para não me desanimar. Deixei correr o tempo e as pernas, sempre ofegante, e lá consegui chegar aos 8 km. Com esforço. Muito. Ele é falta de força e exaustão a nível muscular, ele é o corpo pesado, ele são dificuldades respiratórias... Enfim, está difícil, mas não é impossível. Claro que não.

Amanhã descanso e domingo quero correr no mínimo uns 12 ou 14 quilometrozinhos... devagar devagarinho. Vamos lá ver o que consigo...

Hoje corri 8,360 km em 50:17, média de 6:00 / km

Como quase sempre, o meu pai esteve comigo. Ele ajuda-me sem o saber, ou talvez o saiba e eu é que não saiba que ele sabe.

Amanhã estarei com ele também, noutra "corrida". Bom fim de semana para todos e até domingo

5 comentários:

Kim disse...

Estou a ver que este ano vamos ter a Maria a fazer mesmo os 21 kms ao lado do Douro... fico contente por esse facto.

horticasa disse...

Bom dia!
Vais bem, tens que correr com companhia, não queres fazer uns treinos connosco?
Se trabalhas em Lisboa, treina cá de vez em quando ao fim do dia... vais ver que resulta.
bj eugénia

Novais disse...

Devagar se vai ao longe, e correr a meia do Douro é sem dúvida uma boa estreia desde que não falte a água, bons treinos até lá.

elis disse...

oi, ana!!!

é difícil mesmo... ter paciência...
ainda mais quando a gente traz na memória a lembrança de tudo o que já fez na corrida... os recordes pessoais... as grandes distâncias vencidas... o corpo mais leve...

estava lendo um post do grande ultramaratonista anton krupicka (que está voltando aos treinos depois de uma lesão) e olha o que ele diz:

"building running fitness is all about patience--this route was way more difficult for me than I'd hoped"

rsrsrsrsrs
é dureza mesmo;)
sejam 21km ou 160km, é tudo uma questão de paciência... e paixão;)

hoje, em minha corrida, também sofri: a pulsação lá em cima, eu me esforçando, achando que estava voando e... e o que consegui depois de correr de língua de fora por tanto tempo foi uma mediazinha de 7min/km kkkkkkk
haja paciência;)

mas a gente chega lá, viu, aonde a gente quer chegar;)

amanhã, domingo, vou correr com você, em pensamento;)
tenho que correr 15km...
encara o desafio, de correr 15km?
sem cobranças de tempo, que estou me arrastando nessas corridas rssss

bjs

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Olá a todos.

Obrigada pela visita e pelas palavras, assim sempre fico a saber o que pensam...

Kim: vamos ver, vamos ver... quero ver se SIM!

Eugénia: Lisboa não amiga, agora vivo e trabalho nos subúrbios...mas num fim se semana sem provas... podemos combinar sim senhora

Novais: Estreia não será, aqui a menina até Maratonista é... agora o que se passa é que nos últimos anos perdeu a pedalada toda, mas está com vontade de recomeçar. Sempre!

Elis querida... acho que vou pegar na tua sugestão...15 Km ? Sem olhar para o relógio... fazia-me bem, vou ver se pelo menos tento, e já agora, consigo! Obrigada Elis por este empurrãozinho; Pensarei em ti também e ao fim do dia darei notícias e procurarei notícias tuas também

BEijinhos para todos
Ana Pereira