Pesquisar neste blogue

terça-feira, 23 de setembro de 2008

2ª Meia Maratona Sport Zone – 21 de Setembro de 2008

Tive um dorsal “VIP”. Aparentemente, só por isso, teria tido uma visão da prova diferente de todos os outros participantes. Mas só aparentemente. Se de facto tive um tratamento previlegiado em determinados aspectos da prova, depressa soube despir essa pele, e ver e viver a prova como mero e especial participante, como somos afinal todos nós. Únicos e especiais, apesar de meros. A visão da prova é a minha, como a de cada um, é a de cada um, apesar do que cada um vê, estar lá de facto. A Runporto criou uma máquina produtora de provas, movida a energia de um homem só, Jorge Teixeira, que encabeça uma pirâmide de gente que consigo trabalha e colabora e que tem vindo a dar provas irrefutáveis e consecutivas, do seu profissionalismo no que à organização de corridas diz respeito.A realização da 2ª Meia Maratona veio apenas confirmar um trabalho de qualidade a que já nos habituámos.

A prova tem uma boa divulgação, que ainda assim pode ser melhorada, pois tendo a Sport Zone como principal patrocinador, facilmente poderia ter trazido a prova ao Centro e Sul do país, de uma forma mais dinâmica o que provavelmente levaria mais atletas à Invicta. Com inscrições a um custo acessível e razoável, usufruindo ainda os clientes da Sport Zone possuidores de cartão cliente, de uma significativa redução no preço da inscrição, a prova conseguiu reunir mais de 1150 atletas na Meia Maratona e milhares na Mini/Caminhada.

Com uma feira espectacular, soube esta organização uma vez mais, criar um espaço agradável e convidativo, onde se fez a entrega de dorsais até ao final do dia anterior à prova, e onde se soube cativar o público com várias actividades, das quais destaco as sessões de autógrafos de um leque recheado de atletas de elite, nacionais e estrangeiros, quer da actualidade no panorama do Atletismo quer autênticos símbolos, figuras emblemáticas vivas do atletismo nacional.

A prova tem um percurso muito bonito, e propício a boas marcas, o que veio a acontecer e foi já devidamente divulgado pela comunicação social, nas margens do Rio Douro. Parte e chega ao Porto, depois de levar os atletas até Gaia e voltar. Completamente fechado ao trânsito, bem sinalizado e com quilómetros marcados, com abastecimentos suficientes de uma forma geral ao longo do percurso e à chegada inequivocamente suficientes (bebidas isotónicas e água) e com muito apoio quer do público quer da organização, quer ainda da Cruz Vermelha que se manteve atenta ao longo do percurso até à chegada do última atleta.

Os prémios de presença são uma t-shirt de tecido similar ao dos equipamentos de corrida, e um bonito e grande medalhão. Uma meta com muita animação, tapete, e público, que nos leva a cortar a meta de forma condigna, antes de podermos descansar na relva à sombra. Classificações gerais disponíveis em poucas horas, e entrega de prémios rápida no local.

Pecou esta prova a meu ver, por um escasso espaço para aquecimento dos atletas antes da prova, e pela consequência nefasta do percurso da Mini coincidir exactamente com os últimos quilómetros da Meia Maratona, o que se veio a revelar em insuficientes abastecimentos nos últimos postos, para cerca dos 30 últimos atletas chegados na Meia Maratona.

Pelo acima exposto, tem esta prova todas as condições e mérito para constar já na lista das melhores Meias Maratonas realizadas em Portugal.


Fotos cedidas por Runporto

Aqui podem-se consultar os resultados da prova.

Mais algumas fotos de autoria do meu pai António Melro, no meu Album Picasa

7 comentários:

Fernando Andrade. disse...

Ganhar não é chegar primeiro à meta;
Não é no alto pódium ter lugar;
Ganhar não é correr como uma seta
Que vai veloz no alvo se espetar;
Ganhar é simples p’ra qualquer atleta
Que se sinta feliz só por chegar.
Ganhar é não ligar a vãos avisos,
Erguer os braços e oferecer sorrisos.

AnaLua disse...

ola:)
muito obrigada pelo convite mas ja enviei a isncriçao pos 6km!!
os meus 10km ainda sao mtoooooo esforçados lolol, so comecei a treinar a corrida prai ha 3 semanase acoisa vai devagarinho:P
bjinhos e boas corridas

luis mota disse...

Olá Ana!
Parabéns pela reportagem.
Nunca corri no Porto. Conheço e certamente irei lá correr um dia. Espero!
Este foi um fim-de-semana repleto de muitas e boas provas (ainda bem), em que o mais difícil foi escolher. Fui a Benavente e gostei.
Continuação de boas corridas,
Luís Mota

mulherdoastronauta disse...

Parabéns Maria. Cada um tem as suas lutas!
(Sou aquela gordinha de t-shirt cor de laranja e colar florido que estava na tua mesa no almoço xxl)

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Fernando... o Fernando é um espectáculo!

Ana Lua - lá nos encontraremos no Porto; estarei para os 14 km e depois ficarei a tirar fotos à malta. Seria um prazer conhecer-te lá. Será que dá ?

Luís: não desfazendo de outras, o Porto é uma cidade muito bonita, com uma magia especial, e tem provas de excelente organização em percursos maravilhosos.

Mulher do Astronauta: que surpresa ver-te por aqui! Eras a que estava com o esposo e com uma menina linda ? Penso que sim... É isso que disse, cada um com as suas lutas, mas objectivos não muito diferentes: ser feliz, ter saúde, sentirmo-nos bem, connosco e com os que nos rodeiam. Gostaria de continuar a ter contacto contigo... tens blog, mail? Um beijinho e muita foraça na tua luta. E se não for antes, lá estaremos no próximo almoço, ok? E lá andarei eu à procura da Mulher do Astronauta...

Ana Pereira

Mulherdoastronauta disse...

Anda um pouquinho mais para o lado, dois lugares para a tua esquerda mais concretamente.
Eu vou aparecendo, para ver como anda a minha vizinha da Cova da Piedade.
Mulherdoastronauta

Varandas (Nascimento) disse...

Olá!

Não nos conhecemos porém
lembro-me de ter-te visto na partida... Chamou-mea atenção a tua dorsal "VIP"...

Curiosamente ao procurar os resultados da corrida encontrei o teu blog...

Parabéns! E boa Sorte daqui em diante...