Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 4 de setembro de 2006


2ª feira, 4 de Setembro de 2006
Faltam 41 dias para a Maratona do Porto


Nostalgia

Antes, quando eu era feliz, eu corria feliz.

Deixava a cama quente e partia para o dia ainda por nascer. O corpo quente do meu amor ficava enroscado agora só e eu treinava quando a minha ausência seria menos notada. No quarto ao lado o nosso bébé dormia como dormem todos os bébés. Olhava-a enternecida sempre antes de sair de casa. Levava o cão. Feliz ele, feliz eu!

Outras vezes corria à noite. Chegava a casa ensopada em suor. Soltava o cão, dáva-lhe água limpa, e depressa ia tratar daquela menina de bibe da escola ainda com o sobretudo posto e chucha na boca, aguardando a mãe. O meu tempo tinha acabado. Agora era hora de tratar daquela menina de cabelos encaracolados sobre a testa e olhar doce. O mesmo que tem hoje!


Mas hoje eu não corri...

1 comentário:

tartaruga disse...

Olá!
Quanta beleza e quanta nostalgia... E, contudo... a menina lá está (mantém os caracóis), a mãe também. E, ambas são como 2 promissoras sacas de farinha... tudo é possível... tudo espera por elas... AQUI e AGORA neste PRESENTE MARAVILHOSO!!!!
beijinho terno!