Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

A rapariga e a cadela

A rapariga gorda e a cadela gorda saíram ontem à noite para correr. A rapariga neste momento, pesa exactamente o dobro da cadela. A cadela devia perder um ou dois quilos. A rapariga quer perder cerca de 20% do seu peso actual. Devia perder pelo menos 10%, mas ela coloca sempre metas difíceis, fasquias demasiado altas, que depois nunca consegue alcançar. Parece incorrigível...

Na 1ª parte do "treino", com a cadela, tão felizes da vida que precisavam ver, correram juntas 18 minutos e percorreram cerca de 2,5 Km. Pode-se chamar a essa parte do "treino" uma espécie de Fartlek, pois esses 18 minutos foram passados da seguinte forma: ora trota, ora sprinta, ora pára para cheirar ervinhas, ora trota, ora pára para fazer xixi, etc.

Depois, cadela cansada posta em casa, e a rapariga saiu de novo para a rua. Para o seu verdadeiro treino. Queria correr 5 Km, e lá recomeçou a correr, agora ao seu ritmo lento mas constante, mas sentia-se um bocado cansada, e ao Km 4... estava esfalfada! Incrível, não é? E parou o cronómetro e parou ela. Foram à sua conta 26 minutos para correr 4 km apenas...

Bom fim de semana deseja-vos esta rapariga e esta cadela

6 comentários:

Jorge Branco disse...

Pensei que tinha sido muito pior!
Pensei que a rapariga tinha apanhado uma “cadela”!
Assim menos mal!

Já tive um cão que despachava 20 quilómetros comigo!
Quer dizer eu corria os 20 e ele mais uns quilómetros extras na tentativa de matar algum coelho de ataque cardíaco!
Mas antes de ser processado por alguma liga dos direitos dos animais informo que o cão em questão corria livremente sem trela e quando se chateava voltava para casa (normalmente não gostava era de treinos muito lentos!).

Bom fim de semana a ambas!

Slowly Gonzales disse...

Quem me dera ter casa para um cãozinho... Assim ia nos meus passeios comigo, ora eu o puxava a ele, ora ele me puxava a mim!

horticasa disse...

Parabéns foi muito bom, continua se faz favor!....:)
beijinho

Lilith disse...

a rapariga precisa de continuar a correr e não desistir e a cadela precisa da rapariga para ter motivação para correr também :) querida, és daquelas pessoas que me entende bem e que me inspira para voltar a correr!

beijos :)

makejetomossoonsports disse...

Ana, ao ler esse post, em particular «e ao Km 4... estava esfalfada! Incrível, não é?» gostaria de salientar que isso é um recomeço e não um começo. Sem duvida que custa muito mais começar, pois é preciso explicar ao corpo e à cabeça, que as metas podem ser conquistadas. Nesse caso, o corpo e a mente sabem bem que já ultrapassaram vários objectivos e metas, só estão é um pouco esquecidos como isso se faz. Garantidamente que mais umas corridas na companhia dessa atleta canina e o 'esfalfanço' só irá aparecer aos 10Km, e depois aos 15Km, e depois aos ...

S* disse...

Tem de se começar por algum lado. Isso é o que mais importa, ter motivação!