Pesquisar neste blogue

sábado, 18 de junho de 2011

Pressão, Compulsão e... Uma mulher não é de ferro, porra!


Desde o dia 1 de Abril deste ano, tenho tido um comportamento irrepreensível no que à alimentação diz respeito, para quem quer perder peso, entenda-se. Desde esse dia já perdi 12 kgs. Passei dos 72,5 Kg que tinha nessa data para 60,5 Kg que tinha há dias.

O que têm sido estes dias, desde 1 Abril:

- Estás muito bem! Continua!
- Gosto de te ver assim. Força!
- Só chegaste agora?! Só agora?! - depois da Meia Maratona da Régua - já devias de estar a andar mais! Estás magra!
- Já começas a estar magra demais, cuidado.
- Mas quando é que vai parar?! (de emagrecer, não vá eu ficar mais magra que ela...)
- Oh... quando deixares de ter cuidado vais recuperar tudo outra vez... ou ainda mais. É sempre assim.
- Anda a emagrecer muito rápido. Fico espantado, mas tem de ter cuidado, o nosso corpo tem memória e assim que puder, vai querer voltar ao "seu" peso, ou ainda mais peso, para se salvaguardar dessa "fome" que agora passa...
- Já começas a ficar feia...
- Deves passar uma fominha...
- Acho muito bem que emagreças, mas... ja chega, não?
- Já não tens 20 anos, não podes querer ter o corpo de quando eras nova...

Esclareço que:

- Meço 1,65 m
- Não passo fome, aliás, há anos que não me alimentava tão bem! Mesmo! 5 a 6 refeições por dia, e variedade muita, em quantidades e qualidade adequadas
- Sinto-me bem, física e psicologicamente
- Quero (e vou) chegar aos 58 Kg


Mas de facto, uma mulher não é de ferro, e eu serei sempre eu, e o barco nem sempre navega em águas mansas, e mais ondulação daqui e dali, ventos fortes de várias origens (ou apenas brisas e eu é que fraca me deixo tombar) e está o barco desequilibrado e eis que, num dia desta semana, meti água! Ou seja...tombou o barco, houve inundação e ... em 3 dias comi desalmadamente (sabem o que são transtornos alimentares? Compulsão? Não? Ainda bem, para vosso bem - e não, não estou a falar de comer um bocadinho de chocolate ou repetir o prato numa refeição), e em 3 dias o meu peso aumentou 3,300 kg, pelo que hoje de manhã pesava 63,8 Kg. Acreditem se quiserem.

3 dias debaixo de água quase naufragada e eis que emerjo de novo hoje. Calço de novo os ténis e serra acima, que isto de desperdiçar dias sem correr, não me faz bem nenhum. E há coisas (muitas) com as quais temos de lutar permanentemente e cada dia vencido, é uma autêntica vitória. Depois de 3 dias vencida, hoje venci eu de novo.

Até amanhã querido diário. Com treino muito provavelmente. Porque a Escalada do Mendro está aí já na 5ª feira, e eu conto lá estar.

12 comentários:

JoaoLima disse...

Não ligues ao que te dizem, liga ao que sentes.

Força para a Escalada do Mendro!

Beijinhos

Jalile disse...

então conta... conta logo. Qual é a dieta que está fazendo???

Me disse...

Como, como eu te entendo...como...isto é muito difícil....:((((é uma corda Bamba....acabei de comer desalmadamente. Obrigada pelo teu conentsrio

Ana G. disse...

Força!
A luta é alegria :-))
Bjs

eRui disse...

Parabéns pelos resultados já obtidos, estou a passar pelo mesmo, ou seja necessito de perder peso, no entanto o meu barco está sempre encostado ao cais ou então está mesmo lá no fundo a servir de refugio aos peixes. hehe

É necessária muita força psicológica para resistir ás tentações do dia a dia e com as lesões que me têm impedido de treinar adequadamente o resultado já se sabe qual tem sido...

Vejo aqui no teu blogue bons resultados e por isso serves de motivação.

Continua!
Rui Estrelinha

Fernando disse...

Olá, Ana! Depois de ler as tuas palavras não posso deixar de , em primeiro lugar, dar-te os parabéns pelo que andas a fazer por ti, pela tua saúde e pelo teu bem estar. Todos temos dias em que a fraqueza se apodera de nós e a vontade de continuar parece faltar. No entanto a qualquer momento temos consciencia de ser necessário continuar com o que nos faz bem (refiro-me ás dietas, ao exercício fisico, etc.). Quanto ao resto, não importa o que as pessoas digam, de bom ou de mau, importa de facto que te sintas bem.
Por isso, á que continuar em frente.
Encontramo-nos para a~Escalado do Mendro.
Bons treinos e boa semana.

Fernando Pereira

Dona D disse...

Parabéns pelos resultados!!! Me passa a receita!!! Beijão!!!

horticasa disse...

Bom dia Ana!
Pois é, já a minha avó dizia:
- Não se pode por o pé em ramo verde!
Mas isso não interessa nada.
A luta continua pá! e adieta também
beijinhos nossos
eugénia

Ingrid disse...

Ana,
Não somos de ferro... somos de verdade.
Te parabenizo por escrever esse post.
Nem todos os dias são perfeitos (mesmo), mas a cada dia existe uma nova oportinidade de seguir em frente
És uma vencedora.
Abraço,
Ingrid

Jorge Branco disse...

Quero seguir esse seu exemplo mas até estou com medo de comprar uma balança!
No tempo em que tinha a mania quer atleta (3:10:27 na maratona) cheguei a pesar 49 quilos para 1,62 de altura!
Agora a minha “desgraçada” coluna (e tudo o resto) queixa-se da “sacas de batatas” que “levo” as costas.
Mas, curiosamente, até como bem menos do que comia e não treino assim tão pouco como podem pensar.

Jacke Gense disse...

ANa.. eu percebi mesmo nas fotos que estava bem mais magra!! Linda mesmo... Nós temos quase a mesma altura.. eu meço 1,64 e quero chegar nos 57kg...
Ouço as mesmas coisas que vc.. mas não tô nem ai.. nós e que precisamos nos sentir bem, não é mesmo?

bjs

Dani disse...

Oi Ana,

Tb tenho umas compulsões alimentares de vez em quando....rs.

Parabéns pelo kgs a menos.

Bjos,
Dani
correndoemagrecendo.blogspot.com