Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Crise a fazer-se sentir e Decisão

Vidigueira - ida e volta no meu carro: aproximadamente 400 km

Mais uns Contras e colocando estes e os Prós na balança, a decisão foi tomada:

Não fui

Ponto

E próximo domingo? Corrida de S.João, Porto, ida e volta 600 Km?

Não sei. Na realidade hoje sinto que sei muito pouca coisa. Uma coisa que sei é que hoje treinei, ai pois treinei, não fiquei em casa a chorar a Vidigueira (apesar de ter alguma vontade disso, confesso):
Corri 8 Km em 44:09, média de 5:28 / km

Até amanhã querido diário

8 comentários:

Carlos Lopes disse...

Olá Ana

Gostamos de uma modalidade acaba por ser dispendiosa. Dizem que é um desporto barato, mais não concordo com isso... os tênis, as inscrições de provas... deslocações..ect..ect. e por vezes temos que deixar algo para trás. Boa semana

JoaoLima disse...

Paciência. Melhores dias virão (dizemos nós!).

Se fores ao Porto, boa prova e diverte-te!

Beijinhos

horticasa disse...

Há pois é muito km, conduzir depois correr e voltar... é bastante cansativo.
Não foste mas correste na mesma, isso é que importa.
bj eugenia

Jorge Branco disse...

Entendo perfeitamente a situação.
No meu caso de corredor no desemprego, e só utilizando transportes públicos, torna-se proibido fazer provas longe pois implicam dormidas no local.
Ficam-me algumas provas da região de Lisboa e mesmo assim não podem ser muitas.
Mas como gosto é de correr em montanha, o que é quase sempre longe, vou treinando e pronto.
Como tenho imenso prazer em correr mesmo sozinho e em andamento de lesma lá me vou aguentando.
Mas não deixa de ser algo traumática esta situação que no meu caso pessoal só tem tendência para piorar e muito.
O que vale é que um corredor de fundo é por norma um resistente!

elis disse...

oi, ana!!!

essas corridas mais longe cansam mesmo só de imaginar ter de chegar até a largada!

já deixei de participar de muitas corridas aqui em são paulo pelos quilômetros, não da prova, mas de minha casa até a bendita largada rs

e essa sua corrida do próximo domingo é ainda mais longe! ui;)

bom mesmo é sair da porta de casa, já correndo;)

bjs

Ingrid disse...

Ana, nem sempre dá pra participar, e daí vem aquela pontinha de frustração. Mas isso passa e tenho certeza que tomastes a decisão correta.
Bjo amiga!
Teu treino foi ótimo!
Ingrid

António Almeida disse...

Olá Ana
focaste um aspecto que na minha opinião será crucial nos próximos meses, para não dizer anos.
De facto fica bastante dispendioso muitas das deslocações que fazemos para ir correr a certos lugares, também é sabido e temos vindo e com tendência para piorar a sofrer na pele as medidas ditas de austeridade, como tal mais que normal será para muitos de nós quase obrigatório cortarmos alguns custos, claro indo a menos provas, talvez mais perto das nossas casas...
Uma coisa para mim é certa, as organizações terão que contar que a crise tambéma aqui se vai fazer sentir.
Resta-nos porém algo que em outros desportos não será tão fácil de obter, praticar o nosso desporto quase sem custos (temos sempre o equipamento e uma ou outra mariquice), podemos sempre correr apenas pelo prazer de correr e quantos de nós não temos tido grandes dias de corrida às vezes até sem qualquer companhia, podemos sempre correr onde quisermos sem os custos de deslocações e sem os custos de inscrições...
Pois, não esqueço que muitos não gostam apenas de correr, querem competir, felizmente não é o meu caso (competir até gosto mas comigo mesmo) pelo que neste aspecto até estou bem optimista nos dias que virão.
De qualquer modo desejo que todos consigam continuar a fazer aquilo que mais prazer lhes dá.
Sempre um przer passar por aqui, obrigado pela partilha.
Beijo Ana, força Maria.

Jalile disse...

Maria, aqui no Brasil acontece a mesma coisa, as provas que são longue invibializam o orçamento. E muitas provas que são daqui da cidade tem o preço da inscrição tão cara, que não valem a pena... prefiro fazer um bom treino a ir numa prova.
Mas, claro. As provas são muito legais e eu vou sempre que posso.

bons treinos