Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Sorrisos e provas

O sorriso é quase sempre bonito. Quando consegue parecer genuíno e nos faz acreditar que transmite simpatia, empatia, como se de um abraço fraterno e caloroso se tratasse. Mas nem todos os sorrisos são bonitos. Sim, porque há os sorrisos cínicos mas esses não enganam ninguém. Maus, maus, são aqueles que parecem os primeiros mas que são nada mais nada menos que os segundos bem treinados e escondem os mais vis dos sentimentos e pensamentos.
Às vezes, esta correria de ir correr às provas, encontrar muitos amigos e outros tantos sorrisos, já me cansa. Cansam-me os sorrisos que não consigo identificar. E também os que identifico bem. Cansa-me querer acreditar que 99% dos sorrisos são daqueles, dos bonitos, que me fazem de imediato retribuir genuinamente ou de forma igualmente indiferente porque afinal, sendo diferente, sou quase igual a toda a gente. Talvez as escolhas sejam as erradas. E sejam errados os lugares e os momentos. Erradas as pessoas. Talvez a errada seja eu. Talvez. Mas entretanto, e sempre, continuarei a sorrir. Genuinamente como grande percentagem das pessoas que me sorriem e a quem eu sorrio. Continuarei a sorrir. Porque me faz sentir bem e porque acredito que tenha o mesmo efeito naqueles a quem o ofereço. Sim, porque eu continuo a acreditar no sorriso e para o caso de não terem captado, este texto é apenas um desabafo de uma situação específica e singular. Ou...pensando bem, não tão singular assim...

Até amanhã querido diário, numa prova qualquer, a correr e a sorrir...

5 comentários:

Henriqueta Solipa disse...

"Ainda que haja noite no coração, vale a pena sorrir para que haja estrelas na escuridão."
Arnaldo Alvaro Padovani

Sei o que queres dizer... pelo menos acho que sei...

Beijinho Ana

horticasa disse...

Os olhos são o espelho da alma, se alguém te sorri só com os lábios, esse sorriso não é verdadeiro, o sorriso verdadeiro é aquele que se faz com os olhos.
Mas!... rir, rir, é bom, dá endorfinas e as endorfinas, tiram as dores, fazem esquecer os problemas,previnem o envelhecimento, melhoram o sistema imunológico, dão energia e muito mais, por isso minha querida, ri, ri muito...
Muito obrigada pelas tuas palavras, fico sempre comovida e até parece que estás a falar de outra pessoa e não de mim.
Um dia Alguém me disse que era difícil gostar de mim, por isso se alguém diz que gosta de ti acredita. Eu acredito que gostas mesmo de mim.
beijo, eugénia

Leilany disse...

Deixo-te um sorriso além mar, escancarado, aberto, sonoro, feliz!

Anónimo disse...

Olá prima Ana,

Sorrisos são sempre bem vindos mas nem todos são verdadeiros, alguns até são mesmo bem treinados...e concordo com a Eugenia, os olhos são o espelho do que sentimos...da nossa alma.
Ana, espero nunca deixar de sorrir para ti embora, neste momento, mais me apeteça é chorar...mas a vida continua...
Melhores dias virão...e espero que também mais uma francesinha com "molho de homem" num futuro próximo.YESSSSSSSS!
Já fiquei um pouco mais alegre...

Beijinhos
Fernando Sousa

Slowly Gonzales disse...

Olá Ana. Cuscando blogs de corrida vim parar aqui. Gostei de ter descoberto o seu blog. Quando "fôr grande" espero também conseguir correr uma maratona! (Nova Iorque é o meu sonho... longínquo!) Boas corridas!