Pesquisar neste blogue

domingo, 20 de março de 2011

O Blogue diário

O blogue diário serve para dizer que hoje é domingo e que acordei tarde. Que a inflamação nas vias respiratórias não me deu tréguas nem de noite nem agora, que a cabeça me doí e outros males me afligem.

Serve para dizer que acordei com os passos da Molly a entrar no quarto por achar certamente que já era tarde e de cama a dona já tinha tempo a mais, e que depois do pequeno almoço e de algumas tarefas domésticas, saí para a rua para correr e isto eram já horas de almoço.

O Sol primaveril apetece e aquece. Treino em asfalto e terra batida. Corrida contínua lenta.

Planeei 6 km, mas só corri 5 Km, no tempo fabuloso de 32:47, o que dá uma média de 6:32/Km, pelo que se torna incompreensível o estado de exaustão que me fez caminhar e dar por completo o treino aos 5 Km apenas. Não compreendo também como, e duvido mesmo se fui eu que há uma semana atrás corri 15 Km a 6:13, nas Lezírias. Assim como não sei como, e duvido mesmo como farei os 15 Km da Corrida dos Sinos daqui a 2 semanas. Um mistério a desvendar nos próximos tempos.

Excertos na memória recente:

"- Se eu quiser, num instantinho volto ao que era não volto?
- Voltas, mas não é num instantinho! Talvez nuns 6 meses, a treinar, claro!"

"-Rapariga... quem te viu e quem te vê..."

Mastigo os pensamentos, e sei que está tudo nas minhas mãos. Isto e demasiadas outras coisas. Praticamente só e apenas nas minhas mãos, com o devido peso sobre as costas.

Hoje:

O treino soube-me bem. Sensações adormecidas e trazidas à luz: o sol e a brisa morna na pele, os odores do campo, o chilrear constante dos pássaros, o zumbir das abelhas, os insectos a voar, o sentir do pulsar do meu coração, os meus passos na terra e o suor a emergir em cada poro. E de repente o roncar inconfundível de uma Yamaha na estrada faz-me acreditar que a loucura te traria até mim, assim, sem eu esperar, no fim de um treino, e me abraçarias assim como eu estava, suada e suja, sem te importares com isso e eu também não, como há tempos idos nunca aconteceu. Por instantes acreditei, só por uns instantes, mas não, não eras tu a cavalgar a Yamaha comigo colada a ti, onde pertenço e como devo estar, colada a ti. Depressa me dei conta que hoje é mais um dia da minha vida que vivo sem ti. Continuei o treino, agora que a Yamaha já vai longe e se deixou de ouvir.

Amanhã outro dia virá. Tenha eu saúde e vida para correr e viver. E ainda tempo e paciência e vontade para contar.

Até amanhã querido diário e boa semana a todos

À minha espera, a Molly:
Um beijo roubado:

14 comentários:

CANELAFINA disse...

lindo relato, espero ve-la voando na corrida dos sinos. um abraço eduardo

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Oi Ana boa noite eu espero que tenha melhorado, mesmo não se sentindo bem vc fez um bom treino, parabéns...
Linda a sua Molly...Ela corre com vc também?

Boa semana e bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

horticasa disse...

Bom dia!
Assim sim, tu treinas, que bom e escreves... eu ando em satandby.
bjs eugénia

Anónimo disse...

Olá Ana,

Espero que estejas melhor...o que tens deve de ser alergias da Primavera. Mas embora adientada continuas bonita como sempre, aliás estão as duas muito giras.
Quanto à Corrida dos Sinos acredito que a vais fazer e terminar bem. Existe algo de estranho contigo e que não é lá muito normal. Porque será que te cansas e não consegues fazer muito mais de dez kms mesmo num ritmo baixo, e depois, nas corridas, consegues "galgar" 15 ou 20 kms e num ritmo muito mais rápido do que costumas treinar? Será motivação devida à companhia das centenas de pessoas que correm a teu lado (algumas um pouco mais à frente claro)? Um caso para pensar e estudar.

Beijinhos
Fernando Sousa

Lilith disse...

este teu post e o anterior são uma maravilha :) fazem-me um grande sorriso e inspiras-me sempre a perseguir o sonho de correr!

beijos :)

luis mota disse...

Olá Ana
Mais um treino, num domingo de Primavera.
Espero que a corrida dos Sinos te corra bem. Participei uma vez e adorei. Infelizmente este ano não iremos, é no dia do Almourol.
Cumprimentos para todos da família Mota.

José Xavier disse...

Olá Ana;

Mesmo que sejam poucos os km de treino é sempre um treino. O que é importante é o que fazemos e não aquilo que deixamos por fazer, sejam eles 15km ou 5km. É preciso sempre ir buscar motivação, mesmo que seja para fazer coisas pequenas, mas muito importantes.

E eu que agora, começo a fazer menos kilómetros, nas próximas 3 semana, na minha dose do caminho até Roterdão. Obrigado pelo teu incentivo!

Um abraço dos Xavier's

Filipe Fidalgo disse...

Olá, Ana.
A corrida é mesmo o que te complementa, o que te preenche e serve de escape para todas as dúvidas ou sentimentos que colocam em causa a racionalidade do teu ser. Seja num ritmo lento ou rápido, não pares. Não pares porque a corrida será sempre a tua confidente e companheira por muitos e muitos km´s.
Boa Sorte para os Sinos.
beijinhos.
Filipe Fidalgo

marli disse...

٠•●ॐ●• Namastê • ٠•●ॐ●•
Seguindo seu blog, linda a Molly...

\o/ simbora correr!
Bons treinos,
Boas energias,
@marlipalugan
www.marlipalugan.blogspot.com
..... ~o
......<\_
...(_)/(_) meu transporte diário!

Lua no Deserto disse...

Opá... Molly era o nome da minha primeira cadela, que por sua vez ganhou o nome em homenagem a outra cadela, uma pastora alemã que marcou bem marcados os meus cinco anos de idade.

Obrigada por teres passado no meu cantinho.
Fiquei curiosa para ler mais do teu.

Beijinhos

MPaiva disse...

Ana,

Conseguir regressar "à forma de outros tempos" depende de ti. Por isso, continua a treinar e verás que os resultados aparecerão.

bjs
MPaiva

.JOSÉ LOPES disse...

Olá Ana

Obrigado pela mensagem deixada no "meu espaço".

Mas ainda é muito difícil para mim correr uma meia maratona principalmente os últimos 5 km, lá vou concluíndo esta distância com algum esforço.

Espero ainda a ver a correr esta e outras distâncias sem os problemas da falta de tempo ou motivação para os treinos.

Continuação de bons treinos e corridas

Encontramo-nos por aí numa qualquer corrida (talvez na dos Sinos)

Bjs
J.Lopes

CORRIDA SEM LIMITES disse...

Olá, estamos passando para dar uma olhada no seu blog,maravilhoso e com muitas informações. Estaremos colados em vc.
http://corridasemlimites.blogspot.com/

Bjs e Bons teinos...

elis disse...

oi, ana!

parabéns pelos treinos! apesar de tudo, você saiu pra correr

está sempre em nossas mãos, ou quase sempre, e isso ao tempo que me faz sentir poderosa, também me cansa...

semana passada, corri tendo como pacer a cadelinha de uma amiga... ela não pode me ver correndo no grammado da vila onde moramos que logo vem me fazer companhia... tão bom... pena que não acompanho o ritmo dela, mas ela sempre me espera rsssssss

bjs