Pesquisar neste blogue

sábado, 26 de março de 2016

Treino: o Ensaio Geral para o IV Trilho das Lampas, que irá decorrer dia 14 de Maio ao fim da tarde

É só um treino. Anda lá. Uns estão fora, outros não querem gastar a manhã toda longe da família, outros estão lesionados e outros ainda não se sentem capazes de fazer a distância e vencer as dificuldades do percurso.

É em S.João das Lampas. É o percurso do Trilho das Lampas, que se vai realizar dia 14 de Maio ao fim do dia, aquele que começa de dia e termina à noite! Eles têm tudo marcado, é melhor que muitas provas! É a oportunidade de se fazer o percurso todo à luz do dia e sempre com companhia!

Anda lá! É um treino de amigos. Amigo puxa amigo, anda lá! Até têm abastecimento! Aquilo junta mais de cem pessoas! Anda lá! Anda lá! É em S.João das Lampas!

Ela insiste como se estendesse aos amigos uma iguaria excepcional que não se encontra em mais lado nenhum. E assim é! S.João das Lampas é ímpar na forma de nos receber. E ela quer mostrar-lhes. Quer dar-lhes a provar. Quer que eles vejam. Quer que eles sintam! Não conseguiu levar muitos. Não que o seu poder de persuasão seja fraco quando acredita com todo o coração no que diz ou faz, mas pelas razões acima expostas.

Mas os que foram, alguns também para fazer um percurso mais curto e acessível (12 Km) pois a Organização proporcionou também uma caminhada neste treino, não saíram de lá defraudados pois tudo esteve excepcional!

Cedo se enche o largo de S. João das Lampas, e são já para cima de cem, que ouvem atentamente o amigo Fernando Andrade, o mentor de tudo isto, do Trilho, da Meia Maratona de S.João das Lampas, numas palavrinhas introdutórias ao Treino. São-nos dadas as boas-vindas, há um genuíno prazer de receber, de agradar, de fazer bem. Sente-se. Embrulhada numa modéstia e humidade também genuínas, está a sabedoria de quem corre, de quem organiza e sabe fazer bem e já cá anda há muito tempo. E cativa. Quem vai a S.João das Lampas, seja na versão do Trilho, da Meia Maratona, dos treinos, quer este, quer o nocturno da Meia (feito à noite no percurso exacto da Meia Maratona) sai de lá com este sentimento. Ali, somos bem tratados, ali somos verdadeiramente bem-vindos.

Mas que raio, porque isto acontece? As provas precisam ser promovidas? Vendidas? A mais e mais e mais gente? Não, bolas! Aqui, e bem mostrado neste treino, a essência é o amor à Corrida, é o prazer de receber, é o poder chamar de amigo a todos os participantes porque é isso que são: Amigos. É este o poder de S.João das Lampas no seu melhor.

O percurso é bastante variado: estradões, terra batida, trilhos, praia e asfalto também. E muito bonito na sua variedade. A passagem pela praia da Samarra (sensivelmente a meio do percurso) é espectacular e ao subirmos, ao chegar cá acima somos presentados com um abastecimento melhor que em muitas provas em que se paga e bem. Para começar, um lava-mãos com sabonete líquido, uma graça dirão alguns, uma necessidade dirão outros, mas de certeza um símbolo bem marcante da vontade de nos fazer sentir bem. 

Fruta, bolos, salgados, água, frutos secos, uma mesa farta, e sorrisos, muitos sorrisos de todos os que se voluntariaram para ajudar a concretizar este evento.

No final, porque este é um treino de amigos, houve folar de Páscoa e Moscatel. E mais fruta, e bolinhos e frutos secos e água e ... oh meus deus, como isto é possível? Só porque gosto de correr e de receber amigos?! O Fernando Andrade é único! Com uma boa equipa ao seu lado, tem feito um trabalho extraordinário em prol da Corrida. Desde pelo menos há 39 anos, quando já estava à frente da organização da 1ª edição da Meia Maratona de S. João das Lampas, que se mantém bem viva e que terá este ano em Setembro, a sua 40ª edição, onde eu não vou faltar!

E é isto! S. João das Lampas cativa. Atrai. Mima. Afaga e faz-nos sair de lá com um sorriso de orelha a orelha e o coração cheio. Para além de umas dorzitas aqui e ali mas se não fosse assim também não tinha graça.

Obrigada Fernando Andrade e toda a sua equipa. 

Um agradecimento também a todos os que fotografaram o treino de forma tão empolgada e nos deixarem tantas maravilhosas recordações em forma de imagens, para além da nossa memória, e que podem ser vistas nos vários albuns abaixo.

E dia 14 de Maio lá estarei para o IV Trilho das Lampas. Já estou inscrita, e tu?
























O percurso e os meus passos, podem ser vistos aqui

Foram 20,100 Km percorridos em 2h33m

Albuns de fotos:

Pelo meu pai, António Melro, a ver aqui

Pela Manuela Folgado, a ver aqui o Album 1

E o Album 2, a ver aqui

Pelo Duarte Andrade, a ver aqui

Pela Leonor e Orlando Duarte, a ver aqui

Pelos Runners Dream Moments, a ver aqui 

Pelas Tartarugas solidárias, a ver aqui

Pelo MBM Run & Foto Team, a ver aqui

Pelos Montes Saloios, a ver aqui


3 comentários:

Fernando Andrade. disse...

Sem palavras, Ana, para lhe agradecer tão maravilhoso texto. Com sua licença, irei partilhá-lo, mesmo que possa parecer gabarolice minha. Grande beijinho, Ana.

Jorge Branco disse...

Espectacular!
O Fernando Andrade e a sua equipe são únicos!
Ainda não vai ser este ano que irei ao Trilho das Lampas mas vamos ver se consigo ir aos 40 anos da meia.
Beijinhos.

Horticasa hoticasa disse...

Estão todos mais uma vez de parabéns, beijinho