Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Corrida da Freguesia da Caparica - Clube União Recreativo União Raposense

A partida das meninas mais pequeninas:

Agora a partida do escalão do meu tesouro: Benjamins

O meu Amor em plena prova:

E já depois de alcançada a meta:

Eu "à porta" do clube, antes da prova:
A minha partida (só mulheres e juniores masculinos):

Quase a chegar à meta (mas ainda falta uma subidinha e ainda vou ser passada por essa jovem colega de estrada que me segue de perto):
A pouco mais de 2 passos da meta: Vitória!

Podemos sempre correr! Podemos sempre correr!

Quando quase tudo o resto falha, podemos sempre correr! Excepção feita quando o que falha é a nossa saúde e a nossa própria vida, mas tirando esses pontos, quando o tecto da casa desaba e o vento fustiga as paredes que ameaçam ruir, e temos de procurar entres os escombros uma maçã por roer ou um casaco de malha que as noites já são frias, podemos sempre correr! Podemos sempre correr meus irmãos!

E eu ontem corri!

Com a desculpa de ir levar a minha filha a uma corrida em que o pai a inscrevera, onde ela ia entusiasmada por levar uma amiga que se ia estrear nestas andanças e que veio a adorar por sinal, dou por mim a pensar: porque não vou eu também correr?

E se me interroguei, mais depressa decidi. - Vou aparecer e espero que aceitem inscrições de última hora! - pensei. E aceitaram!

Sentia algumas saudades destas provas rápidas, de 3 km apenas para o sector feminino e que obrigam mesmo a… correr! Desperta o corpo, adormece a morte! Ai, como eu gosto de correr!

De cabelos soltos hoje, corri como pude e com prazer, muito prazer! 14m13s apenas, mais um curto período de aquecimento. Prova rápida com desnível: desce, sobe, desce, sobe, meta!

E assim, um “clube de bairro”, contrariando a decisão da Câmara Municipal de Almada, que acabou com o “Cidade de Almada” este ano, o Clube Recreativo União Raposense teimou em manter a “sua” Corrida da Freguesia de Caparica com o apoio da Junta de Freguesia de Caparica e comércio local, e colocou perto de 3 centenas de pessoas (contando com todos os escalões) a correr na bonita manhã de 28 de Outubro de 2007.

Bonito de se ver! Água e uma peça de fruta era o conteúdo do saco de plástico que era ofertado a todos. Uma estrada para correr, uma ambulância, voluntários e muito amor a esta coisa chamada corrida.

Medalhas e taças por classificação para todos os escalões, o que muito agradou às crianças.

Saliente-se as inscrições gratuitas ainda!

No fim, combino já outras provas. Uma Meia em breve para acompanhar uma amiga que se irá estrear em Lisboa. Outras Meias, e outras distâncias, fundamental não parar, para em Janeiro ou Fevereiro de 2008 tentar então a minha 5ª Maratona sem desistir.

Parabéns ao Clube Recreativo União Raposense, que organizou e pôs de pé esta bonita manhã!

7 comentários:

António Almeida disse...

Olá Ana,

vejo que já está em fase de recuperação após a aventura na Invicta. Ainda bem.
O seu relato da corrida no Raposo fez-me recordar o dia em que eu também lá corri, foi em finais dos anos setenta (à volta de 78,79), também uma prova por escalões (seria então juvenil), será possível que seja a mesma prova, tantos anos depois?
O seu "tesouro" tem estilo a correr, quem sai aos seus...
Continuação de boas corridas.

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Olá amiga corredora Ana Pereira, boa noite, primeiramenet obrigado por ter passado no meu blog e ter gostado e segundo também gostaria de parabenizar pelo seu blog mais uma vez e legal esse relato da Corrida da Freguesia da Caparica muito legal também as crianças correndo e parabéns por vc e sua filha em correr, isso demonstra que vc terá uma grande campeã das corridas ai, olha eu tenho uma filha de 7 anos q tambem esta correndo e adorando as corridas vou ver se coloco uma fotos delas lá no meu blog nas corridas que ela já correu.
Amiga informo também que já adicionei vc no meu blog se vc puder me adiciona também vamos fortalecer o atletismo através dos nossos blogs e quando quiser retornar esteja a vontade.

Desejo a vc um bom final de semana.

Um abraço,

JORGE CERQUEIRA

Carlos Pires disse...

A tua Maf é um amor. Se tivesse tido uma filha adorava que ela fosse como a tua.
Vou ter ainda de esperar que o meu André cresça para me poder acompanhar nas corridas.
Já fico contente quando ele e a mãe podem estar lá comigo. É um optimo o seu apoio.
Tens muita sorte nesse aspecto.
Bjs

TOTO disse...

Olà Ana;
toudo bén;estou haver que jà recuperou da marathon;
parabén a sua filha da corrida que féz;
ainda nâo fiz nenhuma corrida ;
so treino.
boa continuaçao;

antoine

JOSÉ M.D.LOPES disse...

Sou um leitor atento do seu blog e de outros relacionados com a corrida.
Gostava que me informasse do seguinte onde posso comprar o livro companheiros da minha estrada de José Mann, pois já perguntei em várias livrarias e não têm.
Sem outro assunto
Com os cumprimentos
Boas e muitas corridas
José Lopes
jmdlopes@gmail.com
https://asminhascorridas.blogspot.com

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Olá minha amiga Ana olha eu aqui de novo pintando no seu blog, mutio obrigado pela msg, olha se vc está sem tempo não tem problema o importante é que vc lembrou de mim, obrigado e obrigado também pela msg de boa corrida para mim no domingo eu também desejo boa corrida para também no domingo e ve se arrebenta hein...E quanto ao meu link no seu blog não tem problema quando vc tiver um tempinho e se lembrar de mim de novo eu agradeço.

Desejo a vc um bom final de semana.

Um abraço,

JORGE CERQUEIRA

Anónimo disse...

ler todo o blog, muito bom