Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

9ª Maratona do Porto - Parte I - Introdução

Foi no domingo, 28 de Outubro de 2012 que se realizou a 9ª Maratona do Porto.

A RUNPORTO, que é a organização da Maratona do Porto, facilitou uma vez mais, a viagem a muita gente,  por um valor económico (EUR 10,00/pessoa ida e volta) a partir de uma certa cidade portuguesa que dista 300 Km da cidade do Porto.

Aqui a menina, como já vem sendo hábito, tomou a seu cargo a organização com as pessoas. Angariou 154 participantes no evento, entre eles 93 Maratonistas ou aspirantes a Maratonistas, atletas para a Family Race (corrida anunciada de 15 Km mas que veio a ser de 16 e picos), participantes na Mini/Caminhada e alguns acompanhantes com o seu inestimável valor pelo apoio moral que dão a quem vai participar.
Com alguns atletas numa paragem em Pombal, a caminho do Norte - foto de José Carlos Melo (à direita na foto)
Quase em passo de Corrida, em Pombal, com os seus 3 autocarros atrás, já com o pessoal todo arrumadinho e pronto a seguir viagem
Ela própria participou na festa da forma que mais gosta: a correr, na Family Race, e correu 16,310 Km em 1h35m36s numa média de 5:54 / Km, com a sua amiga Lígia:


Ainda teve tempo para tomar o lugar do pai, e foi tirar fotos aos que iam cortando a meta da Maratona.

E trouxeram centenas de fotos da 9ªMaratona do Porto, que podem ser vistas na AMMA - Atletismo Magazine Modalidades Amadoras

Trouxe ainda muitas mais vivências e memórias, que ela irá partilhando através de palavras e imagens, aqui neste mesmo espaço ao longo desta semana, à medida que lhe for sendo possível...
No sábado, na Expo Maratona, na fila da Pasta Party, para o almoço
Combustível, Energia para ser gasta no dia seguinte

Momentos de calmaria e lazer

Com o pai e o amigo  Joaquim Adelino, aqui a ser aplaudida pela notícia que lhe acabara de dar...e que é o quê...? Só digo amanhã!
Até amanhã querido diário

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Autocarro para a 9ª Maratona do Porto

Sim, estou nervosa. Sim, estou ansiosa.

Não porque vá correr a 9ª Maratona do Porto (*) e uma Maratona ter o poder de se apoderar de nós e de nos absorver muitas semanas antes da sua realização e esta ser já no próximo domingo, mas porque a Runporto, organização da Maratona do Porto, disponibilizou a par das edições anteriores, viagens de autocarro a baixo custo (EUR 10,00 por pessoa ida e volta) para o pessoal cá de baixo a que os lá de cima chamam por sua vez  "lá de cima", e que é afinal o pessoal de Lisboa e arredores, se poder deslocar ao Porto a um custo bastante baixo em comparação com restantes alternativas. E eu apenas coordeno as coisas cá em baixo  ou cá em cima (conforme suas senhorias quiserem dizer) com as pessoas e com os autocarros. Coisa pouca portanto.


Este ano levo perto de uma centena de atletas inscritos para a Maratona, alguns deles estreantes que escolheram e muito bem a Maratona do Porto para se sagrarem Maratonistas.

É giro, eu gosto e a Maratona do Porto merece. Mas que dá trabalho dá, assim como algumas dores de cabeça mas mesmo sabendo que o mais certo é haver sempre alguém descontente, pela Maratona e pela maioria dos atletas continuo a achar que vale a pena. E dá-me também bastante prazer, diga-se de passagem.

Por isso, para todos que fizeram a sua reserva, os nossos autocarros (são 3 autocarros) saem de Lisboa no sábado às 8:30hrs da manhã, em frente à Churrasqueira do Campo Grande, debaixo do viaduto, ligeiramente para Norte (quem está de costas para a Churrasqueira, é uns metros à sua esquerda debaixo do viaduto). São 3 autocarros e perto de 160 pessoas. Darão nas vistas. Se chegarem um pouco mais cedo, dará para escolherem os melhores lugares e claro, o melhor dos 3 autocarros!



Lá nos encontraremos. E sim, estou nervosa. E sim, estou ansiosa...


(*) - "só" vou correr a prova de 15 Km - Family Race

sábado, 20 de outubro de 2012

Sabes que...

Sabes que
Sou feliz correndo
Que os beijos e os abraços têm outro sabor quando corro
Que o peixe no carvão tem outro sal
Que a vida tem outra cor 
Que o céu é mais azul
Que as montanhas se escalam com mais coragem
Que ganho força vinda do nada
Simplesmente 
Sabes que...
Sou mais feliz quando corro

 ..............................................

A semana passa a correr, e eu pouco corro. A rotina, os horários, as obrigaçõe e os dias a ficarem cada vez mais pequenos são razões que evoco para não correr.

Ainda assim, fiz um pequeno treino durante a semana, em estrada e de noite: apenas 7,3 Km em 51 min no meio dos carros, entre semáforos, passeios e bermas inexistentes e foi pouco agradável. Agarro-me às sensações internas e ainda assim, o treino foi bastante positivo. É sempre positivo!

E hoje, sábado, respondendo ao desafio da minha Amiga Eugénia,
e porque as palavras e as acções fazem diferença, empurrada a partir de casa, lá nos apresentamos no Monsanto hoje de manhã, onde fizemos um treino fabuloso, com o Bletan. Tivemos ainda a surpresa de encontrarmos o nosso amigo Fernando Sousa, que a treinar para a Maratona do Porto já na próxima semana, nos acompanhou um pouco no nosso ritmo calminho.

Saímos de Sete Rios e fizemos uma incursão no verde Monsanto, conhecido como o pulmão de Lisboa. Simplemente fabuloso. Pelo lugar, pela companhia e pela Corrida.

Foram 15,360 Km em 1h42m

Treino a dar-me a confiança necessária para correr a Family Race, prova de 15 Km em a decorrer em simultâneo com a Maratona do Porto, já no próximo fim de semana, e a fazer-me pensar se poderei correr uma determinada Meia Maratona daqui a...tão pouco tempo. Falo da Mãe das Meias Maratonas, Nazaré!








Bom domingo para todos!

terça-feira, 16 de outubro de 2012

2ª Corrida do Sporting - Palavras


Palavras da Ana e da Maria, porque às vezes elas não se desassociam
 


A 2ª edição da Corrida do Sporting - 14 de Outubro de 2012

"São grandes"

A 2ª edição da Corrida do Sporting esteve em alta, como se previa. 4181 foi o número de atletas chegados à linha da meta depois de 10 Km percorridos.

Se acrescentarmos a este número a quantidade de crianças que participaram animadamente na Corrida Jubas, divididas por idades, a 2ª edição da Corrida do Sporting deve ter posto a correr perto de 5000 pares de pernas.

E por cada inscrição, incluindo as crianças, recebeu a organização qualquer coisa entre 10 e 15 euros.


Entrega de dorsais apenas nos dias antecedentes à prova, oferta de t-shirt, fita-porta-chaves e uma revista.

O dia da prova

Horários cumpridos, quer nas Corrida "Jubinhas" quer na prova principal. Partidas dadas pelos simpáticos e admiráveis atletas Francis Obikwelu e Naíde Gomes.
Na Corrida principal, alinhamento e partida dos atletas por blocos de tempos, ficando os mais lentos como eu na cauda do pelotão, com apenas "meia dúzia" de  atletas atrás, para além de um grupo de participantes em cadeiras de rodas acompanhados.
Adivinhem lá onde está a Benfiquista?
A prova apresentou-se bem organizada. Após a partida, depressa os milhares de corredores fluem pelas avenidas da capital, sem trânsito, bem sinalizado, com 2 abastecimentos de água, controle por chip, quilómetros marcados, algum apoio popular, destacando-se uma sensacional claque leonina e suas imponentes bandeiras ondulantes no ar.
A Benfiquista entre eles, aqui a recuperar e a tentar não perder o seu amigo António


A Corrida desce quase até à Rotunda do Marquês e retorna.

Estamos sempre acompanhados. Atletas, membros da organização, agentes de autoridade, e eu entre amigos quase sempre.

Depressa a entrada no Estádio José Alvalade. O momento esperado, ansiado e prometido. Expectativa defraudada no entanto. A Meta é logo ali sim, e podemos desligar o cronómetro. Mas não temos fotógrafos a registar o momento. Foram corridos dali para fora logo depois de ter chegado a 3ª classificada feminina. E sim, havia por ali fotógrafos, particulares e também profissionais, mas de que a organização disponibilize fotos da chegada dos verdadeiros atletas de pelotão à Meta, não consta nesta história.

E mal o cronómetro é parado, param também abruptamente as pernas e todos os músculos e todos os órgãos, num arfar ofegante da boca de cada atleta e num funil estreito e cheio de atletas obrigados a caminhar contra as costas dos que seguem à sua frente igualmente lentos, pois o escoamento não se fazia como devia. Sem espaço para caminhar, sem espaço para alongar, sem espaço para respirar, sem espaço para retirar o chip e sem água. Este é o Estádio José Alvalade a que fomos obrigados a dar uma volta a passo de caracol sem água. Este é o afamado Estádio José Alvalade e a chegada da 2ª edição da Corrida do Sporting. Pelo lento caminho é-nos dada a medalha. Bonita e de bom gosto, como a da edição anterior. No entanto mantêm-se o erro do ano passado: as medalhas são dadas aleatoriamente, um ponto aqui, ali e acolá. Com a maior das facilidades um atleta sai de lá sem medalha, porque vai no meio, porque não se apercebe, etc., como de forma similar, pode receber 2 ou mais medalhas, se for esse seu intento, com as previsíveis consequências (faltarem medalhas).

Por fim, já na saída do estádio, é-nos dado um saco com água, bebida isotónica e uma maçã. Mas já tínhamos parado há demasiado tempo.

As classificações foram disponibilizadas rapidamente, assim como um diploma para cada atleta.

Estava tudo muito bem, mas pelos EUR 15,00 que paguei merecia muito mais na chegada desta 2ª Corrida do Sporting. Chegada esta que sem qualquer dúvida, é ponto negativo assinalável nesta grande Corrida que tem tudo para ser de facto um sucesso, mas sucesso não é só ser grande, é fundamentalmente focar-se nos atletas e privilegiar o seu bem estar. Desprezar e dispensar os fotógrafos após a chegada da 3ª atleta feminina, impedindo-os de fotografar dentro do Estádio o pelotão, fotógrafos esses que apesar de amadores são eles que na maior parte das provas levam ao atleta de pelotão a sua foto de participação, a sua chegada à meta, o seu momento de glória, foi no mínimo falta de pedigree.
O Melro
O que se sente aqui?  

Classificações no site da prova

Fotos da 2ª Corrida do Sporting, aqui, no site da AMMA - Atletismo Magazine Modalidades Amadoras

domingo, 14 de outubro de 2012

2ª Corrida do Sporting


Foi hoje a 

2ª Corrida do Sporting
Está escrito no site:

"Obrigado a todos, blá blá blá...

Para o ano volte a mostrar a sua raça!"

Para o ano talvez volte. E se voltar talvez, certamente voltarei a mostrar a minha raça! De BENFIQUISTA, claro!
Com os meus amigos António Pereira e Daniel

E já no fim, de medalha ao peito, entre amigos, companheiros de Corrida:
 
 E com o meu Melro, mais uma Corrida vivida:

 E medalha ganha para ele:

10 Km corridos em 1h00m58s

Fotos da 2ª Corrida do Sporting, aqui, no site da AMMA - Atletismo Magazine Modalidades Amadoras

Palavras da Maria Sem Frio Nem Casa e da Ana e de mais uma ou outra personagem que se infiltre em mim entretanto, só amanhã meus queridos.

sábado, 13 de outubro de 2012

Tenho um dorsal

O dia de hoje finda.

O de amanhã quere-se a correr. Na Corrida do Sporting.

E eu tenho um dorsal com um número e um nome. Que me foram atribuídos. O último há muitos anos e o primeiro há dias. E o dorsal tem ainda a distância que devo correr amanhã: 10 Km. E à esquerda tem uns caracteres que juntos dizem que devo demorar mais de 60 minutos para ir da Partida até à Meta. 

E tenho o meu pai todo contente, já com a camisola da Corrida vestida, prontinho para amanhã me ir ver correr e aguardar pela minha chegada à Meta naquele campo da bola daquele clube que ele tanto estima e que tem no coração desde sempre: Sporting Clube de Portugal. Naquele campo que já teve pista de Atletismo à volta do relvado e onde eu já corri, menininha ainda, há muitos anos atrás, cheia de emoção e alegria e com os meus pais a verem-me e a aplaudirem-me, apoiando-me como sempre. Agora o campo é outro, e eu, a mesma e outra, volto para correr lá.

Bom domingo para vós, com boas Corrida e bons treinos!

E até amanhã

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

"São pessoas afinal" ou " Prenúncio ignorado"

Falam-se há anos. A profissão as aproximou mantendo as devidas distâncias profissionalmente impostas e também a que vai da cidade de Viana do Castelo à capital do seu pequeno país.

São diferentes sem dúvida. Estas cidades e estas mulheres. Vivências e circunstâncias de vida bem diferentes. Idades idênticas no entanto, como idênticas as suas essências afinal, com os mesmos medos, ânsias e desejos. Mulheres. Mães. Esposas. Trabalhadoras. Filhas. Vidas não tão diferentes assim, camufladas atrás de um profissionalismo exigido e cumprido.

São competentes. São tolerantes também. São compreensivas mas são também exigentes. E são falíveis como pessoas que são afinal.

Falam-se há anos. Sem sentimento ou emoção. São profissionais. Nunca se viram cara a cara nem os seus olhares algumas vez se trocaram. A linha que as liga é agora invisível aos olhos.

No entanto aos poucos, foi-se estabelecendo uma relação. De confiança, respeito, admiração e amizade também. Por trás das palavras sem calor pressentia-se a pessoa, humana que é, tão diferente e tão igual. São pessoas afinal.

Falam-se há anos e só hoje por uma necessidade sentida e por uma receptividade adivinhada, espontaneamente falaram como se de conversa entre duas amigas íntimas se tratasse. Confidentes desabafaram, partilharam temores e procuraram apoio e obtiveram-no transformando uma mensagem à primeira vista negativa, num optimismo carregado de fé, esperança e amor à vida. Não foi preciso muito tempo, apenas o suficiente e necessário de que ambas precisavam hoje. Para se sentirem melhor. Porque precisavam de se fazer ouvir naquelas palavras que queriam brotar para fora de si e precisavam de igual forma de ouvir aquelas outras palavras também. Porque elas são pessoas afinal.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Autocarro para a 9ª Maratona do Porto

AUTOCARRO A PARTIR DE LISBOA - 9ª MARATONA DO PORTO - 28 Outubro

Vai à 9ª Maratona do Porto? À prova dos 15 km ou à Mini que se realizam em simultâneo? É de Lisboa ou arredores e quer ir e voltar por EUR 10,00 ? Quer juntar-se às várias dezenas de atletas que vão em Autocarro facultado pela organização RUNPORTO, Lisboa - Porto - Lisboa no fim de semana de 27 e 28 Outubro? Ainda há lugares nos Autocarros!

Interessado?

Contactar Ana Pereira, por MAIL: anamariasemfrionemcasa@gmail.com ou telemóvel: 964 937 456


video

Ainda vai a tempo de se inscrever nas provas. Informações das provas no site da RUNPORTO 

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Dia 7

Outubro

2012

Treino ao fim do dia: 8 km em 51m55m

às vezes tenho medo de morrer

não da morte em si, do momento, da dor, do desconhecido, embora confesse e admita que também

mas principalmente tenho medo de deixar a minha filha, assim, com quinze anos mal criados e muitos mais como se espera, sem mim.

não que eu seja alguma coisa de jeito, fundamental ou essencial para alguma coisa

mas alguma diferença faço...

assim eu queira

e EU QUERO


por isso tenho medo de morrer

mas só às vezes

a maior parte do tempo nem penso nisso

só vivo


Boa semana para vocês, eu quero ver se volto a treinar na 3ª feira, e vou convidar um amigo, acho que lhe faz bem a ele, e a mim também

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Dia 5 de Outubro de 2012

5 de Outubro de 1910 

Destituição da Monarquia e Implantação da República em Portugal 


Corremos com os reis e instituímos a República, uma "coisa pública", regime em que o chefe de estado é eleito através de voto pelos cidadãos.

5 de Outubro de 2012

Recordamos a nossa História, em recriações bonitas de se ver e onde "esquecemos" as condições de vida daquelas pessoas.

Ficam os lugares, as memórias recriadas a partir dos livros e das histórias que contam. E ficam as pedras, as trabalhadas e as outras, as brutas.
O meu pai

Os tanques e o chafariz ao fundo

Foi a Feira Setecentista em Santo Antão do Tojal, concelho de Loures, que não foi hoje mas há meia dúzia de dias e que recria a época de D.João V, e a bênção dos Sinos, vindos de Antuérpia, antes de irem para o Convento de Mafra.




O porco a assar

O outro chafariz e a cerimónia da bênção dos sinos
O Rei e a Rainha
Nobreza

A passagem d'El Rei D. João V, em filme:
video

e ainda hoje, 5 de Outubro de 2012:

- Comecei a fazer dieta.
- Quando?
- Hum...há bocadinho.
- Vamos jantar umas amêijoas à Bulhão Pato, com um bom pãozinho, queijo e vinho?
- Boa! Vamos nessa.

Mas antes de jantar, pelas mesmas ruas do desfile setecentista de há dias, e sem a vida de há séculos que não consigo imaginar, no mesmo espaço, agora sem a balbúrdia e a alegria das gentes, houve corrida. Lenta e serena como as ruas em sossego, pelos campos a prepararem-se para novos cultivos, eu corri! 10 Km em 1h07m.
Foi excelente! Estou mais que bem para a Corrida do Sporting! Só vou querer é fazer um bocadinho de menos tempo, talvez 1 hora certinha, ou pouco mais! O que conseguir farei!


Até amanhã querido diário